Como Investir no Mercado Imobiliário Sem ter Imóveis

21 de maio de 2021 Dataimob Marketing 6 minutos de leitura

empresario-analisando-como-investir-no-mercado-imobiliario-sem-ter-imoveis

Se você quer saber como investir no mercado imobiliário, este artigo é para você!

No ano de 2021 o segmento voltou a crescer no Brasil e as pessoas têm procurado por novas casas e apartamentos especialmente para alugar.

Por conta da pandemia do coronavírus e a necessidade de fazermos tudo em casa, trabalhar, se exercitar e literalmente viver sem ir para a rua, um lugar mais espaçoso tem sido a preferência de muitos nesse momento.

O que isso significa? Bom, o mercado está aquecido e é uma hora para você fazer parte dele! Então não perca tempo, continue a leitura deste conteúdo e saiba como investir no mercado imobiliário!

Veja agora:

Como ter uma imobiliária?

Existem duas formas de como investir no mercado imobiliário sem ser proprietário de um imóvel. Uma, é abrir uma imobiliária. A outra é investir em fundos imobiliários, mas essa a gente te explica em breve.

Você pode fazer parte de alguma franquia ou iniciar o seu próprio negócio. Para “comprar” a marca de alguém, o investimento inicial está na casa dos 100 mil reais e a infraestrutura, marca, instalações e taxas estão inclusas no pacote.

Nesse caso, você compra o “know-how” e não apenas abre um negócio.

Já para abrir sua imobiliária, você irá precisar passar por todas as questões burocráticas de uma empresa que está começando. Os principais passos que devem ser seguidos aqui são:

Estude sobre o mercado

Analisar os índices e dados do mercado imobiliário é fundamental para ter sucesso no ramo.

Outro ponto é buscar dados de fontes confiáveis para tomar decisões que levem seu negócio ao sucesso. Agir com base em informações sobre o mercado é a maneira mais segura de prosperar.

Indo além, mapeie seus concorrentes diretos e saiba como eles se posicionam no mercado, quais são suas iscas, como se comunicam com os clientes, quais canais de comunicação eles utilizam e por aí vai.

Ironicamente, a concorrência é a melhor amiga da sua imobiliária. Afinal, você pode aprender com os erros dela e usar os acertos a seu favor.

Faça um bom planejamento

Você já sabe tudo sobre o segmento, agora precisa definir seus objetivos e quais serão as ações utilizadas para alcançá-los. 

Para isso, algumas perguntas devem ser respondidas nesta etapa de planejamento para saber como investir no mercado imobiliário:

  • qual é o perfil do meu público ideal?
  • qual nicho eu vou atuar?
  • quais serão minhas estratégias de captação?
  • como posso me destacar da concorrência?
  • quanto vou precisar investir?
  • quais ferramentas irei precisar?
  • quais canais de comunicação utilizar?

Use a tecnologia

A tecnologia está aí e deve ser utilizada em prol do crescimento da sua imobiliária!

Internamente, você pode contar com um softwares de gestão responsável por automatizar algumas tarefas e integrar dados gerenciais para otimizar os trabalhos administrativos e ainda reduzir custos com equipe!

Já para o mercado, você pode oferecer no site da sua imobiliária várias plataformas para agregar mais valor ao serviço, como por exemplo, uma calculadora de aluguel! Ela é uma ferramenta muito útil e irá trazer pessoas potencialmente interessadas em fechar com você à medida em que sua marca é divulgada espontaneamente.

Como investir no mercado imobiliário com os FII`s?

Lembra da outra forma para investir sem ter um imóvel? Pois bem, são os fundos imobiliários (FII`s).

Eles são fundos de investimentos destinados à aplicação em empreendimentos imobiliários que incluem a aquisição de direitos sobre imóveis e demais segmentos relacionados ao mercado imobiliário, como Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e cotas de muitos outros FII`s.

De forma simples, investir em FII segue a mesma lógica de comprar ações de uma empresa. Quando você adquire uma cota, é como se você comprasse parte do imóvel, e recebe dividendos com base nessa quantia.

Isso significa que para investir em um fundo imobiliário você não precisa ter um imóvel! Basta fazer o seguinte:

  • passo 1: escolha uma corretora;
  • passo 2: defina seus objetivos com o investimento;
  • passo 3: escolha um fundo imobiliário e compre cotas dele;
  • passo 4: deixe o dinheiro rendendo até atingir seu objetivo.

Quais são os benefícios dos FII?

Os fundos imobiliários são as opções favoritas de muitos investidores justamente por conta das vantagens que oferecem. Veja as principais:

  • isenção de imposto de renda: você recebe os dividendos mensais correspondentes ao seu investimento e o melhor de tudo, sem descontos sobre imposto de renda;
  • investimento inicial baixo: diferente de comprar um imóvel, o FII não exige grandes quantias para começar. É possível iniciar com R$100,00;
  • baixo custo: é possível encontrar corretoras que não cobram taxas de corretagem para mediar os investimentos;
  • segurança: isso interessa a qualquer investidor e os FII estão protegidos em relação à inflação, fazendo com que você não perca poder de compra ao deixar seu dinheiro parado.

Como é a liquidez do fundo de investimento imobiliário?

Liquidez significa o nível de facilidade que um ativo pode ser convertido em dinheiro novamente. Basicamente, o dinheiro compra a cota e permanece assim ou “volta” a ser dinheiro sendo ou não valorizado.

Pois bem, quando falamos em fundos imobiliários, é importante deixar claro que a liquidez varia de fundo para fundo.

Porém, no geral, a maioria das cotas pode ser comprada e depois vendida novamente diariamente. Dependendo, obviamente, das especulações do mercado.

Apenas imobiliárias podem investir em FII?

A resposta é não! De forma alguma.

É claro que imobiliárias devem investir em FII, porém pessoas físicas também podem sem quaisquer problemas.

Basta ter uma conta em uma corretora e comprar as cotas dos fundos, que variam de R$100,00 a R$2.000,00. Além disso, existe o equity crowdfunding imobiliário.

O que é equity crowdfunding imobiliário?

Nessa modalidade de investimento, qualquer pessoa pode se tornar sócia de um empreendimento, pois aqui ele é feito em grupo, como se fosse uma vaquinha mesmo.

Funciona assim, uma empresa quer viabilizar um projeto, abre o equity crowdfunding, define metas a serem alcançadas e os investidores podem ou não contribuir, dependendo da rentabilidade.

Agora que você já sabe como investir no mercado imobiliário, acesse o site do DataImob e descubra como contar com os dados mais precisos do segmento!

Marca DataImob

A DataImob é uma empresa de inteligência que desenvolve indicadores estratégicos para o mercado imobiliário. Nosso objetivo é empresa referência no mercado de indicadores imobiliários, para isso contamos com muita inovação e tecnologia.

Confira também